fbpx

É melhor aprender inglês com professor brasileiro ou estrangeiro?

Qual professor é melhor? O brasileiro ou o estrangeiro (nativo)? É mais fácil aprender inglês com um professor que fala a sua língua ou com outro que te ensina no próprio idioma?

O inglês ao redor do mundo

A língua inglesa é, sem dúvidas, o idioma mais falado ao redor do mundo. Obviamente nem todos os falantes dessa língua aprenderam com professores nativos. O primeiro ponto a ser compreendido é que não precisa ser nativo para conhecer o inglês tão bem a ponto de poder ensiná-lo às outras pessoas.

Se você acha que por aprender com um professor gringo você falará tão bem quanto ele, com o mesmo sotaque e naturalidade de um nativo… sinto muito em te dizer que isso não vai acontecer! A não ser que você se dedique por muitos anos e faça treinamentos específicos, isso realmente não irá acontecer.

Aprender a falar inglês

Sem explicações lógicas que você consiga compreender, o processo de aprendizado é lento e muito mais difícil. Eu sempre digo que a parte mais importante deste processo de ensino-aprendizagem é, sem dúvidas, a explicação.

Apenas repetir frases, reproduzir sons e decorar palavras não te deixará fluente nunca! Você precisa compreender o funcionamento da língua, saber utilizá-la de acordo com as principais características e regras do próprio idioma. E você só conseguirá fazer tudo isso após boas explicações, com exemplos lógicos que colaborem para sua compreensão.

FALAR INGLÊS NÃO SIGNIFICA SABER ENSINAR INGLÊS!

O primeiro passo é saber se ele é realmente um professor. Apenas ser nativo ou saber falar inglês não capacita ninguém a ensiná-lo! Sua língua nativa é o português. Você conseguiria ensinar português a um estrangeiro? Qualquer outra língua segue esta mesma lógica! Falar um idioma NÃO significa saber ensiná-lo.

O professor brasileiro

Os brasileiros infelizmente têm a tendência de achar que falantes nativos são superiores aos demais. Há anos tem-se a falsa ideia de que ‘’tudo que vem de fora é melhor’’, o que acaba por iludir e decepcionar milhares de pessoas.

Este preconceito colabora muito para que você não aprenda a falar inglês, já que acaba desprezando ótimos profissionais apenas pelo fato de não serem estrangeiros. Um falante nativo não é melhor que um professor de inglês brasileiro!

Muitas pessoas relatam ter desistido de aprender inglês justamente por não terem conseguido entender e acompanhar o que o professor estrangeiro falava/ensinava. Mas existem várias outras que se adequaram à metodologia e à forma de ensino de alguns professores gringos.

O professor gringo

Costumo sugerir que se você já tiver uma base de conhecimentos sobre a língua, ter um professor estrangeiro é uma boa alternativa para dar continuidade aos seus estudos. Quando o professor estrangeiro sabe falar a sua língua é ainda melhor, pois ele irá estabelecer diálogos constantes de acordo com a sua capacidade e poderá te dar algumas dicas importantes no seu próprio idioma.

PROFESSOR GRINGO X PROFESSOR BRASILEIRO: QUAL ESCOLHER?

Ser falante nativo não pode ser um fator determinante na sua escolha de um professor. Você deve se atentar ao conhecimento, à experiência, ao contato do professor com a língua e principalmente à metodologia utilizada por ele (a).

O meu conselho é: procure por um bom professor que se adeque ao seu jeito e que utilize uma ótima metodologia, pois ela é fundamental. Acompanhar um profissional de verdade que possui conhecimento teórico e prático sobre a língua é a melhor opção. Não interessa se o professor é estrangeiro ou brasileiro, você precisa verificar se ele é um bom professor.

Quando se trata de aprender algo, não existe certo ou errado. Esteja livre para encontrar a melhor opção dentro dos seus conceitos.

Quer aprender inglês sem sair de casa?      Clique para conhecer os CURSOS IUPI

Please follow and like us:
Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube
YouTube
LinkedIn
Instagram

Compartilhe as dicas de inglês Iupi com seus amigos e contatos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga e Compartilhe o Iupi